Máquinas sem óleo: do uso em satélites às geladeiras

Por Cristiano Binder                                                                                                                        Lab. de Materiais – Dpto. de Engenharia Mecânica – UFSC

Para ouvir o áudio do texto com o autor, clique aqui.

Cristiano - FiguraAtualmente, problemas de desgaste e corrosão representam perdas de 5% do PIB mundial, sendo que aproximadamente 35% de toda energia mecânica produzida no planeta é perdida por deficiência em lubrificação, sendo convertida por atrito em calor, o qual prejudica o melhor desempenho de máquinas pelo aquecimento. Em carros de passeio, por exemplo, as perdas de energia totalizaram 221.000 milhões de litros de combustível desperdiçados no mundo todo no ano de 2012. Estimativas dizem que em curto prazo Continuar lendo