50 tons de preto

50 tons de preto

Por Paula Borges Monteiro                                                                                                        Grupo de Estudos em Tópicos de Física – IFSC

Este texto não é sobre um novo livro que deve virar filme, estrelado por Christian Black, mas sobre o quão escuro pode ser um objeto. Quando abrimos os olhos ao acordar, certa quantidade de luz atinge as nossas córneas, que são as primeiras estruturas do nosso sistema óptico responsável pela informação visual. Só podemos perceber objetos, pessoas, animais etc., que emitem luz ou que refletem a luz de alguma fonte luminosa. Quando não há luz, esta não atingirá os nossos olhos e perceberemos o preto ao nosso redor. Continuar lendo